objeto de la psicología

by

1-      Conceito de psicologia (objeto de estudo, diversidade de objetos, a subjetividade)

                        Ninguém, atualmente, pode dar-se ao luxo de não conhecer a psicologia pois ela toca todos os aspectos de sua vida. Tem influência sobre as leis e sobre a política pública. Uma vez que afeta tantos aspectos de nossa vida, é essencial que até mesmo aqueles que não pretendem especializar-se na área conheçam algo sobre seus fatos básicos e métodos de pesquisas.

                        Um dos objetivos deste curso será apresentar o estado atual de conhecimentos na psicologia apresentando os fatos mais importantes e estabelecidos na área e examinando a natureza das pesquisas, isto é, como um psicólogo desenha um programa de pesquisas que seja capaz de oferecer fortes evidências a favor ou contra uma hipótese.   

a)      Objeto de estudo:

A psicologia pode ser definida como o estudo científico do comportamento e processos mentais. 

b) Diversidade de objetos

                        A diversidade de objetos da Psicologia é explicada pelo fato de este campo do conhecimento ter-se constituído como área do conhecimento científico só muito recentemente (final do século 19). Também porque a concepção de homem que o pesquisador traz consigo “contamina” a sua pesquisa em Psicologia. Conforme a definição de homem adotada, teremos uma concepção de objeto que combine com ela. Como há vários concepções de homem, diríamos simplificadamente que a Psicologia é a ciência que estuda os “diversos homens” concebidos pelo conjunto social. Assim a Psicologia se caracteriza por uma diversidade de objetos de estudo e Ana Bock e col. (1999) chegam a postular que no momento não existe uma psicologia, mas ciências psicológicas embrionárias e em desenvolvimento.    

c) A subjetividade

                        A Psicologia colabora com o estudo da subjetividade. A subjetividade é a síntese singular e individual que cada um de nós vai constituindo conforme vamos nos desenvolvendo e vivenciando as experiências da vida social e cultural. A subjetividade é a maneira de sentir, pensar, fantasiar, sonhar, amar e fazer de cada um, enfim o que constitui o nosso modo de ser.

                        O indivíduo não nasce com a sua subjetividade. Ele a constrói aos poucos, apropriando-se do material do mundo social e cultural. Criando e transformando o mundo externo, o homem constrói e transforma a si próprio. “O importante e bonito no mundo é isso: que as pessoas não estão sempre iguais, ainda não foram terminadas, mas que elas vão sempre mudando. Afinam e desafinam.” (Guimarães Rosa em O Grande Sertão: Veredas)  

http://www.psicomix.kit.net/word/objetopsi.doc

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: